A arquitetura escolar é uma área que atua na produção de projetos voltados para a construção de espaços e ambientes educativos de forma alinhada às especificidades e às propostas que esses espaços se destinam. Mais do que espaços físicos funcionais e concretos, a arquitetura da escola deve ser promotora da participação, da interação e da produção de cultura, de forma a potencializar as diferentes expressões, a autonomia e o desenvolvimento das linguagens para a produção de conhecimentos. O objetivo deste momento formativo é o de localizar a arquitetura numa perspectiva sócio-histórica, a fim de problematizar alguns modelos e paradigmas, propondo uma relação mais estreita entre o espaço físico, a produção de saberes e a criança.