A concepção de território engloba aspectos geográficos, estéticos e, em uma visão mais ampla, compreende ainda a relação dos sujeitos com os espaços que habitam. É dessa relação que surge a compreensão de Territórios Educativos, ou seja, ambientes externos à escola mas que também são inspiradores de novas aprendizagens e contemplam as diferentes linguagens, pois são expressão do tempo e da ação humana. É preciso entender a cidade como um território que educa, potencializa a criatividade, é palco das relações sociais, de afetividade, de poder e manifesta as várias identidades que singularizam cada canto das cidades. Portanto, é partindo das concepções e dos olhares que lançamos sobre as infâncias que tecemos reflexões e propostas acerca dos Territórios, em articulação com o Sistema de Garantia de Direitos: educação, cultura, saúde, esporte.